quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Aparências

O celular vibra a acordando.  Fica entre o sono e a ressaca que ainda está por vim. Depois de muito adiar, se levanta para enfrentar o dia que começou sem ela. Um encontro as escuras. Tenta disfarçar a cara de ontem com um pouco de corretivo e rímel. Salto, óculos escuros, está pronta pra outra.

Ele já a espera com cara de segundas intenções. E ela ainda atordoada pelo sono só pensava em voltar pra cama e recuperar o sono perdido. Porém se conectaram de alguma forma, e aquela vontade imensa de ir pra casa foi passando.

Se conheceram, ao menos o que permitiu aquela tarde de domingo. Ele tentando seduzí-la com palavras bonitas, enquanto ela esnobava todas as investidas dele. Foi ficando sem munição e decidiu entrar na dela. Pareciam velhos amigos, contando todas as coisas que não seriam apropriadas se quisesse conquistar alguém.

Ele ria, e não conseguia imaginar que não precisou usar sua lábia costumeira com aquela garota pequena e seus saltos que a primeira vista parecia exatamente como as outras. E conseguiu se encantar por ela ser tudo, menos a pessoa mais chata do mundo.

Um comentário:

Priscila Nicolielo disse...

jÁ TA NO BLOG!
http://priscilanicolielo.com/2013/11/06/escreva-um-post-sobre-12/

:*